• Estação Romana da Quinta da Abicada

    Estação Romana da Quinta da Abicada

  • Monumentos Megalíticos de Alcalar - edifício tumular "Alcalar 7"

    Monumentos Megalíticos de Alcalar - edifício tumular "Alcalar 7"

  • Monumentos Megalíticos de Alcalar – interior do edifício tumular "Alcalar 7"

    Monumentos Megalíticos de Alcalar – interior do edifício tumular "Alcalar 7"

  • Monumentos Megalíticos de Alcalar – "Um dia na pré-história"

    Monumentos Megalíticos de Alcalar – "Um dia na pré-história"

  • Castelo de Aljezur – Torre semi-cilindrica

    Castelo de Aljezur – Torre semi-cilindrica

  • Castelo de Aljezur – Muralha e acesso

    Castelo de Aljezur – Muralha e acesso

  • Ermida de N.S. de Guadalupe e Casa rural

    Ermida de N.S. de Guadalupe e Casa rural

  • Panorâmica da exposição no interior da Casa rural

    Panorâmica da exposição no interior da Casa rural

  • Castelo de Loulé – "Música nos Monumentos"

    Castelo de Loulé – "Música nos Monumentos"

  • Torreões do Castelo de Loulé

    Torreões do Castelo de Loulé

  • Ruínas Romanas de Milreu – Casa rural

    Ruínas Romanas de Milreu – Casa rural

  • Ruínas Romanas de Milreu – Pormenor de mosaico

    Ruínas Romanas de Milreu – Pormenor de mosaico

  • Castelo de Paderne

    Castelo de Paderne

  • Castelo de Paderne – Ruína da Ermida de N.S. da Assunção

    Castelo de Paderne – Ruína da Ermida de N.S. da Assunção

  • Ruína da Ermida de N.S. da Assunção - "Música nos Monumentos"

    Ruína da Ermida de N.S. da Assunção - "Música nos Monumentos"

  • Fortaleza e Promontório de Sagres

    Fortaleza e Promontório de Sagres

  • Capela de N.S. da Graça – "Música nos Monumentos"

    Capela de N.S. da Graça – "Música nos Monumentos"

Página Inicial Monumentos do Algarve Bons Momentos Promontório de Sagres Prémio Regional Maria Veleda

Em Destaque

Folheto ADNVai uma fotografia em família?

Não se surpreenda, enquanto visita a Fortaleza de Sagres, se alguém lhe fizer esta pergunta. É um desafio lançado pelo Teatro Experimental de Lagos.

Faz parte do projeto artístico “ADN - somos todos primos” em que Fátima Vargas e Nelda Magalhães convidam o público casual para participar numa sessão fotográfica de família com pessoas desconhecidas, com o objetivo de uma reinterpretação do conceito de família, do estar social global e da multidiversidade que cada um de nós alberga.

Celebrando o tema "Lugares de Globalização" do programa DiVaM – Globart, da Direção Regional da Cultura do Algarve, ADN promete trazer experiências singulares e divertidas para os participantes.

O resultado desta pesquisa in loco, com o público do monumento mais famoso do "fim do mundo", será uma exposição a ser inaugurada no dia 9 de setembro, no mesmo local.

Para já fica o convite para uma sessão fotográfica diferente, com uma família perto de si, durante os próximos dias do mês julho.

Contactos:

Direção Regional de Cultura do Algarve

E-mail: geral@cultalg.pt

Telef. 289 896 070

_______________________________________

Fortaleza de Sagres

E-mail: fortaleza.sagres@cultalg.pt

Telef. 282 620 140

ADN FACE 2

Logo DGARTESNOVO MODELO APOIO ÀS ARTES

No âmbito das suas atribuições a Direção-Geral das Artes tem em curso os trabalhos conducentes à revisão do modelo de apoio às artes para os financiamentos a atribuir a partir de 2018.

O novo modelo de apoio às artes foi apresentado aos agentes culturais em sessões públicas entre 10 e 13 de julho 2017 em Lisboa, Faro, Coimbra, Porto e Évora. 

Proposta do modelo de Apoio às Artes Consulte Aqui 

Envie-nos o seu contributo até 17 de julho.

Conheça a intervenção conclusiva do SEC nas sessões publicas

Conheça a apresentação do CIES/ISCTE dos resultados do estudo de posicionamentos das entidades artísticas

Para mais informação aqui

Museu Municipal de LouléMuseu Municipal de Loulé integra a Rede Portuguesa de Museus

A Direção Regional de Cultura do Algarve congratula-se e apresenta as felicitações a todos os colaboradores do Museu Municipal de Loulé pela credenciação e integração na Rede Portuguesa de Museus de mais este espaço museológico.

O trabalho que tem sido desenvolvido ao longo destes anos por este Museu Municipal, com diversos pólos em freguesias como Salir, Alte e Querença, convida quem o visita a percorrer e a descobrir, através de objetos desde a pré-história até à época moderna, o espaço que “ foi ocupado, vivido e dividido”.

O Museu Municipal de Loulé em todas as áreas de investigação e exposição de que dispõe tem contribuído para a “promoção do acesso à cultura e de enriquecimento do património cultural português”.

Felicitamos também o actual executivo pela condução da iniciativa e do procedimento que obteve o resultado deste reconhecimento e que em Conselho Nacional de Cultura, da sua Seção de Museus, mereceu a aprovação por unanimidade.

A Cultura e a Região agradecem.

Portão da FortalezaMonumentos afetos à Direção Regional de Cultura do Algarve aumentam em número de visitantes

Fortaleza de Sagres, Ermida de Nossa Senhora de Guadalupe, Monumentos Megalíticos de Alcalar e Ruínas Romanas de Milreu, monumentos afetos à Direção Regional de Cultura do Algarve, continuam a tendência dos mais recentes anos, aumentando o número de visitantes que se deslocam para apreciarem este património imóvel.

É com agrado que se denota que, tendo-se verificado um aumento de turistas no nosso País, as suas motivações não se limitam à fruição de mar, gastronomia e do lazer em geral, mas que se deslocam aos vários monumentos espalhados na região, transformando a sua estadia em turismo cultural.

A intensificação das deslocações aos monumentos afetos a esta Direção Regional é um motivo de aprazimento para quem nele trabalha pois traduz que o seu empenhamento tem retorno.

O primeiro semestre deste ano, de 142.779 visitantes do ano anterior passou para 168.010, correspondendo a um aumento de 17,67%, tendo sido os monumentos do barlavento (Fortaleza de Sagres e Ermida de Guadalupe) os que registaram o maior crescimento de visitas.

O programa DiVaM (Dinamização e Valorização dos Monumentos) promovido pela Direção Regional em parceria com os agentes culturais da região tem contribuído para um trabalho mais próximo com as comunidades que afluem com maior assiduidade às actividades aí realizadas.

O interesse, igual, dos agentes de turismo que começaram a estender nas suas rotas visitas mais regularizadas aos monumentos algarvios, optando, por exemplo, pelo ingresso do bilhete conjunto Fortaleza de Sagres e Ermida de Guadalupe, são também fatores que concorreram para este acréscimo de visitantes no Barlavento.

A Direção Regional de Cultura do Algarve continuará o seu trabalho para a preservação e fruição de todos os monumentos que lhe estão delegados, como forma de promover a identidade da Região e do País.

Diretora Regional de Cultura do Algarve, em entrevista ao Impressões | RUA FM

28 de junho

Alexandra Gonçalves, diretora regional de cultura do Algarve, foi convidada do Impressões- RUA FM. O DiVaM 2017, o prémio Maria Veleda e os projetos para a Fortaleza de Sagres foram alguns dos assuntos abordados numa entrevista conduzida pela RUA FM e pelo Sul Informação.

 

Fotografia SagresEntradas gratuitas nos Monumentos 

Foi publicado, no Diário da República n.º 118/2017, Série II, de 21 de Junho, o Despacho n.º 5398/2017 que que fixa os valores de ingresso nos serviços dependentes da Direção Regional de Cultura do Algarve e altera o anterior Despacho n.º 2488/2014, de 17 de fevereiro.

Assim, as entradas nos Monumentos sob tutela da Direção Regional de Cultura do Algarve terão, a partir de 1 de julho, entrada gratuita aos domingos e feriados até às 14h00 para todos os cidadãos residentes em território nacional, não inibindo a possibilidade da adoção de um Bilhete Especial (‘Bilhete Doação’), para os casos em que os visitantes queiram fazer uma doação de qualquer valor.

Considerando que a gratuitidade agora consagrada abrange todos os cidadãos residentes em território nacional, será solicitado aos visitantes qualquer documento comprovativo que ateste a residência permanente.

Prémio Nacional do Artesanato 2017

Encontra-se a decorrer até às 18h00 do dia 31 de agosto, o período de candidatura ao Prémio Nacional do Artesanato 2017.

As candidaturas, através de formulário próprio (em anexo) e restante documentação referida no Regulamento, devem ser enviadas por correio eletrónico para o endereço: premionacionalartesanato@iefp.pt

Este Prémio é uma iniciativa bienal do IEFP, esteve interrompido desde 2013 e surge agora completamente remodelado (ver Ficha Síntese e Regulamento em anexo), subdividindo-se em 6 categorias:

- Grande Prémio Carreira

- Prémio Inovação -

- Prémio Empreendedorismo Novos Talentos 

- Prémio Investigação 

- Prémio Promoção para Entidades Privadas 

- Prémio Promoção para Entidades Públicas Consoante a categoria,

poderão concorrer artesãos e unidades produtivas artesanais, investigadores, associações e entidades privadas e públicas sem fins lucrativos com intervenção na área do artesanato.

Para obter informações mais detalhadas ou esclarecer dúvidas: - Contacte o IEFP pelo telefone 300 010 001 (dias úteis das 8h às 20h)

Logo

Abertas as votações para o Orçamento Participativo 

Os cidadãos portugueses podem, desde o dia 7 de junho,  votar nos 600 projetos do Orçamento Participativo, que conta com três milhões de euros.

Os projetos de âmbito nacional e regional vão estar a votação nos próximos três meses. As propostas vencedoras são apresentadas em setembro.

Informe-se e vote aqui

Fotografia

Projeto Fortificações de Fronteira: Fomento do Turismo Cultural-FORTours

Foi assinado no dia 17 de Maio, pela Direção Regional de Cultura do Algarve e a  pela Consejeria de Cultura da Junta da Andaluzia, o acordo de financiamento do Projeto OS CASTELOS DE FRONTEIRA: Desenvolvimento do Turismo Cultural Transfronteiriço (FORTours), a incrementar no âmbito do Programa de Cooperação Interreg V A Espanha – Portugal (POCTEP 2014-2020).

Alexandra Gonçalves, Diretora Regional da Cultura, salienta que “O acordo tem por base implementar um itinerário transfronteiriço que integra as fortificações baixo e tardomedievais do Sudoeste Peninsular”.

Os parceiros apostam no investimento das novas tecnologias e esperam poder atingir o tecido empresarial transfronteiriço, para o desenvolvimento de aplicações que permitam a geo-localização deste património em paralelo com a criação de um Portal WEB para difusão do itinerário.

Em ambos os lados da fronteira, em Portugal e na Andaluzia, se procederá à implementação de aplicativos interativos comuns, para usufruto nos monumentos, nas paisagens e nos lugares históricos associados ao Itinerário. Alexandra Gonçalves referiu ainda que “Vamos concentrar a nossa atenção e acção em novos formatos da mediação da atividade turística que correspondem à criação dum universo sensorial e narrativo ou seja ao universo digital das aplicações, dos jogos e/ou reconstituições interativos”.

A implementação de soluções TIC (Tecnologias de Informação e Comunicação) tem como finalidade oferecer modelos de experiência alternativos, baseados no consumo de novos conteúdos digitais, em continua interação, gerando a possibilidade de experiências tanto durante o percurso do itinerário como antes e depois da visita.

Logo Direção Geral do LivroCultura Aprova o Regulamento para Atribuição de Bolsas de Criação Literária

Portaria n.º 123/2017 - Diário da República n.º 61/2017, Série I de 2017-03-27

- As bolsas têm a duração de seis ou de doze meses.

- Os destinatários das bolsas são pessoas singulares, de nacionalidade portuguesa e que escrevam em português

- A abertura anual dos concursos é feita mediante despacho do membro do Governo responsável pela área da cultura, de acordo com proposta da DGLAB

Consulte a Portaria

 

Route

UMAYYAD Route

MELHORIA DA COESÃO TERRITORIAL MEDITERRÂNICA ATRAVÉS DA CONFIGURAÇÃO DE UM ITINERÁRIO TURÍSTICO-CULTURAL.

 

 

Logo

RODA DOS ALIMENTOS MEDITERRÂNICA INTERATIVA

A DGS e o PNPAS, em colaboração com o Grupo de Acompanhamento para a Salvaguarda e Promoção da Dieta Mediterrânica, apresentam a nova Roda dos Alimentos Mediterrânica, agora numa versão interativa. Esta ferramenta pedagógica, explica os vários conceitos ligados ao padrão alimentar mediterrânico tendo como base a Roda dos Alimentos Portuguesa. Ao longo da mesma, é também possível explorar os vários grupos de alimentos que compõem esta nova Roda, em conjunto com o número de porções diariamente recomendadas. São apresentados exemplos práticos e visualmente atrativos, salientando não só a componente alimentar, mas também os elementos inerentes estilo de vida mediterrânico.

Pretnde-se 

que a nova Roda dos Alimentos interativa possa ser utilizada pelos profissionais da saúde e educação e disponibilizada em unidades de saúde, assim como no contexto de sala de aula como uma ferramenta para auxiliar os professores na abordagem ao tema.

A versão interativa desta ferramenta encontra-se disponível em www.alimentacaosaudavel.dgs.pt e pode ser gratuitamente acedida e utilizada por todos.

Esta ferramenta interativa, concebida pelo PNPAS e Active Media, utilizou como referência o conceito original criado por investigadores da Faculdade de Ciências da Nutrição e Alimentação da Universidade do Porto com o apoio da Direção-Geral do Consumidor.