• Estação Romana da Quinta da Abicada

    Estação Romana da Quinta da Abicada

  • Monumentos Megalíticos de Alcalar - edifício tumular "Alcalar 7"

    Monumentos Megalíticos de Alcalar - edifício tumular "Alcalar 7"

  • Monumentos Megalíticos de Alcalar – interior do edifício tumular "Alcalar 7"

    Monumentos Megalíticos de Alcalar – interior do edifício tumular "Alcalar 7"

  • Monumentos Megalíticos de Alcalar – "Um dia na pré-história"

    Monumentos Megalíticos de Alcalar – "Um dia na pré-história"

  • Castelo de Aljezur – Torre semi-cilindrica

    Castelo de Aljezur – Torre semi-cilindrica

  • Castelo de Aljezur – Muralha e acesso

    Castelo de Aljezur – Muralha e acesso

  • Ermida de N.S. de Guadalupe e Casa rural

    Ermida de N.S. de Guadalupe e Casa rural

  • Panorâmica da exposição no interior da Casa rural

    Panorâmica da exposição no interior da Casa rural

  • Castelo de Loulé – "Música nos Monumentos"

    Castelo de Loulé – "Música nos Monumentos"

  • Torreões do Castelo de Loulé

    Torreões do Castelo de Loulé

  • Ruínas Romanas de Milreu – Casa rural

    Ruínas Romanas de Milreu – Casa rural

  • Ruínas Romanas de Milreu – Pormenor de mosaico

    Ruínas Romanas de Milreu – Pormenor de mosaico

  • Castelo de Paderne

    Castelo de Paderne

  • Castelo de Paderne – Ruína da Ermida de N.S. da Assunção

    Castelo de Paderne – Ruína da Ermida de N.S. da Assunção

  • Ruína da Ermida de N.S. da Assunção - "Música nos Monumentos"

    Ruína da Ermida de N.S. da Assunção - "Música nos Monumentos"

  • Fortaleza e Promontório de Sagres

    Fortaleza e Promontório de Sagres

  • Capela de N.S. da Graça – "Música nos Monumentos"

    Capela de N.S. da Graça – "Música nos Monumentos"

Monumentos do Algarve Bons Momentos Promontório de Sagres Prémio Regional Maria Veleda Património Cultural Imaterial Portal Cultura Portugal

Boas Práticas de Gestão de Espólios

Fortaleza - Badeira a meia hasteDia de Luto Nacional pelas Vítimas de Violência Doméstica

 

 

Hoje, dia 7 de Março, o governo decretou Dia de Luto Nacional pelas Vítimas de Violência Doméstica, na véspera do Dia Internacional da Mulher, pretendendo alertar para este problema e prestar homenagem às vítimas e famílias, apelando à consciência coletiva para o combate a esta realidade inaceitável, em que todos devem cooperar na sua denúncia, não se remetendo ao silêncio.

É obrigação da sociedade proteger os mais frágeis combatendo qualquer manifestação de violência.

A Direção Regional de Cultura do Algarve solidariza-se com todas as vítimas de violência doméstica e suas famílias, encontrando-se os seus serviços com a Bandeira Nacional a meia haste.

grande_premio_de_teatro_portugues_2019GRANDE PRÉMIO DE TEATRO PORTUGUÊS 2019

Interessado na divulgação da dramaturgia portuguesa contemporânea, o Teatro Aberto instituiu com a Sociedade Portuguesa de Autores o “Grande Prémio de Teatro Português”, destinado a galardoar, em cada ano civil, uma peça inédita de um autor português.

Este prémio – um dos mais importantes atribuído em Portugal e na Europa – proporciona ao autor da obra vencedora, para além de um valor pecuniário, a possibilidade de ver a sua peça editada em livro e estreada numa produção do Teatro Aberto."

 As candidaturas podem ser apresentadas até 28 de Fevereiro de 2019.

Consulta o regulamento aqui

Oficinas 24 de Fevereiro - Bienal VicentinaOficinas de Conhecimento “Conhecer o Património Edificado do Algarve”

Dr. Rui Pareira, director da Direção dos Serviços e Bens Culturais, da Direção Regional de Cultura do Algarve, irá orientar a Oficinas de Conhecimento “Conhecer o Património Edificado do Algarve”, a realizar-se no dia 24 de Fevereiro, entre as 10h e as 11.30h.

Estas Oficinas propõem-se reunir uma "forte ação de promoção de conhecimento em Turismo de Natureza, capaz de contribuir para o desenvolvimento de um turismo mais sustentável, assente no conhecimento do território ao nível das atividades de natureza, recursos endógenos, identidade e modelos atuais de gestão de empresas turísticas."

As Oficinas de Conhecimento fazem parte do programa da "Bienal de Turismo de Natureza (BTN) que visa promover o desenvolvimento do turismo de natureza no Algarve, contribuindo para o desenvolvimento social, económico e ambiental das comunidades." 

fio-da-memoria9DiVaM cultiva o “processo patrimonial”

[...] "O DiVaM constitui um programa promotor do valor do património, não apenas como testemunho do passado, da memória e da identidade, mas determinante para que as pessoas que vivem esse património o possam ver com um “novo olhar”, fomentando a qualidade de vida das comunidades e a integração de novas perspetivas e narrativas." ...]

Artigo da Direcção Regional de Cultura do Algarve publicado no Caderno de Artes Cultura.Sul de Fevereiro.

 

Cartaz- Arqueologia em Portugal_Estoi - FaroArqueologia em Portugal: recuperar o passado - em 2017

Evento de divulgação científica

No dia 7 de fevereiro de 2019, pelas 17h, será inaugurada nas Ruínas Romanas de Milreu, Estoi a exposição itinerante “Arqueologia em Portugal: Recuperar o Passado – em 2017”, onde permanecerá patente ao público até 3 de Março próximo.

A exposição é promovida pela Direção-Geral do Património Cultural em parceria com as Direções Regionais de Cultura do Norte, Centro, Alentejo e Algarve, contando também com a participação da Direção Regional da Cultura dos Açores.

Esta exposição tem como objetivo promover o conhecimento gerado pela arqueologia e sensibilizar o público para esta atividade, através da apresentação de algumas das mais importantes intervenções e descobertas arqueológicas realizadas em 2017, em todo o território nacional. Anualmente são realizadas mais de 1500 intervenções arqueológicas e identificados importantes sítios arqueológicos, mas frequentemente esta informação passa, na grande maioria, despercebida do público em geral.

Dois dos trabalhos arqueológicos que merecem regionalmente destaque são a prospeção geofísica e as sondagens arqueológicas efetuadas na cidade romana de Balsa, em Luz de Tavira, concelho de Tavira e a escavação de uma fábrica de preparados de peixe romana situada na cidade de Faro.

A inauguração da iniciativa “Arqueologia em Portugal: Recuperar o Passado” será precedida pela apresentação do projeto por Maria Catarina Coelho, Diretora do Departamento dos Bens Culturais da Direção-Geral do Património Cultural, seguindo-se a duas pequenas conferências dos arqueólogos responsáveis das intervenções efetuadas em Tavira e Faro.

O encerramento será efetuado por Adriana Nogueira, Diretora Regional de Cultura do Algarve.

Depois Lisboa e Faro, esta exposição continuará durante o corrente ano a percorrer o país.

A entrada é livre.

Dialogo 5 + 5.jpgSeminário francófono "Criar e cooperar no Mediterrâneo"

Programa "Rota da Cultura" - Convite à apresentação de candidaturas 2019, até 15 de fevereiro.

Este programa é proposto pelo Ministério da Cultura Francês (Secretariado Geral, Ramo de Assuntos Europeus e Internacionais) no âmbito do Diálogo 5 + 5 Cultura, que reúne 10 países do Mediterrâneo ocidental: Itália, França, a Espanha, Portugal e Malta para o norte de África: Marrocos, Argélia, Tunísia, Mauritânia, Líbia.

A língua de trabalho será o francês.

Este seminário ajudará a compreender, através de mesas-redondas, visitas e workshops, as questões relacionadas com intercâmbios culturais na área mediterrânica das duas margens e tecer uma rede de ferramentas e conhecimentos partilhados.

Para mais informações aqui

Café com Letras "História da Medicina"

Café com Letras – “História Medicina “

Dando continuidade às edições anteriores, com grande adesão por parte do público, voltam as conversas informais, subordinadas a temas específicos, no “Café com Letras”, uma parceria com a Biblioteca da Universidade do Algarve e a FNAC do Fórum Algarve.

Com sessões mensais, a primeira a realizar-se no próximo dia 1 de fevereiro, abordará o tema “História da Medicina” com a participação de Daniel Cartucho (médico) – UAlg/CHUA e Patrícia de Jesus Palma (investigadora) – CHAM/UNL.

Este ano, comemoram-se os 40 anos da presença da Universidade e do Hospital em Faro, como os 40 anos do Serviço Nacional de Saúde e os 10 anos do Mestrado Integrado em Medicina.

Sabendo-se da importância, para o desenvolvimento de uma sociedade e região, da implementação deste tipo de instituições, convida-se a virem dialogar com os interlocutores que, no seu dia a dia, vivem profissionalmente com estas realidades.

AS DEZ RESPOSTAS DE ADRIANA NOGUEIRA

(Artigo publicado no Caderno Cultura.Sul de Janeiro 2019)

10 perguntas a Adriana Nogueira.jpg

 

VI Jornadas de História do Baixo Guadiana

Museu Maritimo130 anos do Museu Marítimo Almirante Ramalho Ortigão

A Diretora Regional de Cultura do Algarve esteve presente ontem, dia 4 de janeiro, na celebração dos 130 anos do Museu Marítimo Almirante Ramalho Ortigão, em Faro.
O jornalista Daniel Pina, do Algarve Informativo, escreveu:
«De sorriso radiante no rosto estava Adriana Nogueira, Diretora Regional da Cultura do Algarve, uma conhecida apaixonada por museus, as «casas das musas», “espaços fundamentais para a preservação da memória e para que as comunidades se revejam nelas próprias”. “A abertura de um museu ao público é um passo que se dá a favor da integração e contra a xenofobia, porque percebemos que todos somos semelhantes, que todos fazemos parte da comunidade humana. Faro é uma cidade que se preocupa em dar valor à nossa memória, por vezes contra ventos e marés, porque nos tempos modernos se procura frequentemente o que é novo. Só que nada se constrói do zero e a cultura é preservar o antigo, sempre a olhar para o futuro”, defendeu Adriana Nogueira.»

( Notícia completa aqui )

Monumentos afetos à Direção Regional de Cultura do Algarve encerrados ao público nos dias 24,25 e 31 de dezembro de 2018 e no dia 1 de janeiro de 2019

Fortaleza de Sagres

A Direção Regional de Cultura do Algarve informa que nos dias 24,25 e 31 de dezembro de 2018 e no dia 1 de janeiro de 2019 estarão encerrados os monumentos afetos a esta Direção – Fortaleza de Sagres, Ermida de Nossa Senhora de Guadalupe e Ruínas Romanas de Milreu – de acordo com o Despacho n.º 11976/2018, publicado em DR, II Série, nº. 240, de 13 de dezembro.

Além dos dias mencionados, a Loja da Fortaleza de Sagres estará igualmente encerrada no dia 26 de dezembro de 2018.

A Direção Regional de Cultura do Algarve deseja a todos umas Boas Festas e um Feliz Ano Novo

Postal 2018

Concerto de Encerramento do DiVaM 2018

Concerto de Encerramento do DiVaM 2018

Recital de Acordeão com Gonçalo Pescada

A Ermida de Nossa Senhora de Guadalupe irá acolher a ultimo projeto do DiVaM de 2018, no próximo sábado, dia 15 de dezembro, às 16 horas, com o recital de acordeão “Promontório Sacrum – Música e História do Fim do Mundo”.

Neste recital, um dos maiores valores do acordeão em Portugal, Gonçalo Pescada, irá transformar este instrumento clássico e moderno, num programa musical onde os sons do acordeão cantarão compositores tão distintos como Bach ou Piazolla.

O projecto procura seguir uma pequena parte do trajecto histórico dos passos do Infante D. Henrique no Barlavento Algarvio mais ocidental, evocando memórias associadas aos locais, relembrando a sua dimensão enquanto espaço patrimonial físico e enquanto reflexo da memória histórica comum, associando-lhe um cariz musical que pretende exaltar e comemorar essa memória.

Esta é uma iniciativa organizada pela Academia de Música de Lagos para o DiVaM – Dinamização e Valorização dos Monumentos – programa cultural organizado pela Direção Regional de Cultura do Algarve e conta ainda com o apoio da Câmara Municipal de Vila do Bispo.

 

 

Contactos:

Fortaleza de Sagres:

Fortaleza.sagres@cultalg.gov.pt

Telf: 282620140

“DO SABER AO CRIAR”“DO SABER AO CRIAR”

Experiências tecnoromanas na Villa de Milreu

As experiências romanas regressam com o projeto “DO SABER AO CRIAR – Experiências tecnoromanas na Villa de Milreu” nos dias 14 e 15 de Dezembro.

“Do Saber ao Criar” é um projeto do Centro Ciência Viva do Algarve que pretende dar oportunidade de experimentar os processos de produção, construção e criação do período romano, através de várias oficinas e actividades:

“Defumadouros e fragâncias” - Oficina de olaria para a construção de defumadouros e mostra de ervas utilizadas para perfumar ambientes. Cada participante levará consigo a peça que criou nesta oficina.

“ Técnicas de representação gráfica do período romano” - Como o domínio destas técnicas concederam aos romanos importantes vantagens, inclusive do ponto de vista militar.

“A Geologia romana de Milreu” - Análise das rochas utilizadas nas edificações romanas da região e sua identificação através de testes físico químicos.

“A paisagem romana de Milreu”- Apresentação de algumas práticas de planeamento paisagístico e cultivo de plantas aromáticas características do período romano.

Tabernae- Mostra de produtos regionais típicos e/ou contemporâneos produzidos a partir de recursos naturais locais (a acontecer no dia 15 de dezembro).

No dia 14 de Dezembro, a actividade será realizada com a Escola de Estói, entre as 9h e as 12h.

No dia 15 de Dezembro, a actividade encontra-se aberta à participação da população e famílias, entre as 15h e as 17h.

O projeto conta ainda com o apoio das seguintes entidades: Universidade do Algarve, Requinte Turquesa – Eventos & Serviços, A Barroca, produtos culturais e turísticos e A Canastra, mercearia especializada.

DO SABER AO CRIAR é uma iniciativa integrada no DiVaM 2018 – Dinamização e Valorização dos Monumentos – programa cultural organizado pela Direção Regional de Cultura do Algarve.

Contactos:

Direção Regional de Cultura do Algarve

geral@cultalg.gov.pt

Ruínas Romanas de Mireu

milreu@cultalg.gov.pt

Telef. 289 896070

< previous123456789