• Fortaleza de Sagres | Foto Vanda Oliveira

    Fortaleza de Sagres | Foto Vanda Oliveira

  • Fortaleza de Sagres

    Fortaleza de Sagres

  • Fortaleza de Sagres | Foto: Vasco Celio

    Fortaleza de Sagres | Foto: Vasco Celio

  • Fortaleza de Sagres

    Fortaleza de Sagres

  • Ruínas Romanas de Milreu | Foto Adriana Nogueira

    Ruínas Romanas de Milreu | Foto Adriana Nogueira

  • Mosaico das Ruínas Romanas de Milreu

    Mosaico das Ruínas Romanas de Milreu

  • Casa Rural de Milreu

    Casa Rural de Milreu

  • Ruínas Romanas de Milreu

    Ruínas Romanas de Milreu

  • Ermida de Nossa Senhora de Guadalupe - Foto: Vanda Oliveira

    Ermida de Nossa Senhora de Guadalupe - Foto: Vanda Oliveira

  • Ermida de Nossa Senhora de Guadalupe

    Ermida de Nossa Senhora de Guadalupe

  • Ermida de Nossa Senhora de Guadalupe | Foto Lenea Andrade

    Ermida de Nossa Senhora de Guadalupe | Foto Lenea Andrade

  • Ermida de Nossa Senhora de Guadalupe

    Ermida de Nossa Senhora de Guadalupe

Monumentos do Algarve Bons Momentos Promontório de Sagres Património Cultural Imaterial Portal Cultura Portugal

Monumentos Megalíticos de Alcalar: Reabilitação do Monumento Alcalar 9 e Área Envolvente

Código da Operação: ALG-04-2114-FEDER-000009
Investimento Aprovado/Elegível: 106.316,00€
Apoio Financeiro União Europeia: 63.790,00€
Apoio Financeiro Público Nacional/Regional: 42.526,00€
Região intervenção: Algarve
Entidade Beneficiária: Direção Regional de Cultura do Algarve
Data Aprovação: 21.12.2016
Data prevista inicio: 01.01.2017
Data prevista conclusão: 31.12.2018

Objetivo Principal:

Conservação, restauro e requalificação das estruturas e do recinto cerimonial do monumento pré-histórico Alcalar 9 e preparação e edição da memória da intervenção sob a forma de livro.

Objetivos, atividades e resultados esperados/atingidos:

O projeto candidatado incide sobre um bem arquitetónico realizado com técnicas antigas, megalíticas, e procura manter a integridade e autenticidade quer do imóvel classificado, quer da sua área envolvente, sem contudo abdicar do uso de técnicas de conservação e consolidação contemporâneas, no sentido de permitir a exposição, reutilização e fruição do monumento, prolongando a sua vida útil, com garantias de compatibilidade e reversibilidade. Paralelamente, a candidatura inclui a execução do relatório final que sintetiza o processo seguido na intervenção, uma obrigação legal à luz do disposto no Decreto-Lei 140/2009, de 15 de junho, constituindo a indispensável memória dos trabalhos de protecção e valorização patrimonial efetuados e permitindo assim à Administração Pública dispor dos indispensáveis registos permanentes e consultáveis sobre as técnicas e metodologias utilizadas na intervenção. Finalmente, a candidatura incorpora ainda a elaboração e publicação de uma monografia visando a ampla difusão dos resultados alcançados no estudo, conservação e valorização do monumento megalítico, à semelhança do que foi efetuado para a intervenção no monumento Alcalar 7, completando assim a edição da memória das intervenções de valorização e musealização do núcleo oriental da necrópole.

Cofinanciado por:

Logotipos

<-- Regressar